"Migração, resiliência e empoderamento: uma equação teórico-prática à luz da pesquisa biográfica"

Autor(es):
Elsa Lechner

Publicação:
Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica, 1 (2), 2016

Resumo:
Partindo da equação teórica entre os conceitos de resiliência, empoderamento e migração, este texto analisa as formas concretas através das quais a pesquisa biográfica identifica e constrói processos de resiliência e de emancipação de migrantes. São apresentados diversos estudos levados a cabo pela autora em contextos migratórios diferentes – portugueses em França (Paris), portugueses nos EUA (New Jersey), e imigrantes de várias origens em Portugal –, para exemplificar a relação recíproca entre migração, resiliência e empoderamento. O artigo analisa casos concretos de empoderamento pela resiliência e vice-versa, focando em processos de biografização suscitados pela pesquisa biográfica. Aqui, não apenas as entrevistas biográficas, como textos autobiográficos produzidos pelos migrantes interlocutores de terreno, e ainda rodas de histórias ou oficinas biográficas, organizadas pela pesquisadora durante o trabalho de campo, contribuem para a melhor compreensão dos processos de resiliência e para a construção de resistências e resiliências coletivas. O trabalho em análise pode ser útil a todos aqueles e aquelas que se interessam pela dimensão biopolítica dos relatos biográficos e pela contribuição cívica da pesquisa biográfica na construção de um mundo mais justo e equilibrado.

Este artigo encontra-se aqui em acesso livre.