"O Nexo Migração-Desenvolvimento nas Relações entre Diásporas e Estados: O caso das associações brasileiras e cabo-verdianas em Portugal"

Autor(es):
Iris de Mel Trindade Dias, Isabel Maria Estrada Carvalhais

Publicação:
Brazilian Journal of International Relations, 4 (3), 2015

Resumo:
Este trabalho tem como objetivo investigar de que modo os movimentos associativos das diásporas brasileira e cabo-verdiana em Portugal se relacionam com a promoção do nexo migração-desenvolvimento, tendo como foco a articulação com os Estados de origem e de acolhimento para o desenvolvimento dos respectivos países de origem e para o autodesenvolvimento das comunidades. Nossa análise se baseia na abordagem das redes de políticas públicas como forma de governança e na categorização proposta por Mohan (2002), autor que considera oque as diásporas podem envolver-se em relações voltadas para o desenvolvimento em, pelo menos, três diferentes dimensões interligadas: development in, through and by the diaspora. Sendo assim, a pesquisa de campo, que consistiu em entrevistas semiestruturadas com líderes associativos e representantes diplomáticos, identificou diferenças entre os dois casos, especialmente em termos de maturidade das relações entre associações e Estados, fator que está atrelado à história migratória e à relação estratégica que cada Estado tem com sua diáspora. Foi identificado, ainda, que o autodesenvolvimento das comunidades é a principal esfera de atuação das associações, porém, foram registradas atividades nos outros domínios,
marcadamente no caso cabo-verdiano.

Este artigo encontra-se aqui em acesso livre.