Lista de Conteúdos (Asset Publisher) Lista de Conteúdos (Asset Publisher)

"Percepções dos Portugueses sobre os Imigrantes: Indispensabilidade, acção colectiva e distância social"

Autor(es):
Raquel António, Rita Guerra, Samuel L. Gaertner e Matthew Deegan

Publicação:
Análise Psicológica, 35 (1), 2017

Resumo:
O presente estudo analisa o impacto de diferentes formas de indispensabilidade grupal na acção colectiva e distância social de um grupo maioritário em relação a diferentes grupos de imigrantes. Mais especificamente, examinamos se a indispensabilidade percebida de diferentes grupos de imigrantes, para a identidade nacional e para o funcionamento da sociedade, (a) reduz a distância social e (b) aumenta o apoio a acções colectivas que beneficiam os imigrantes, (c) através da adopção de diferentes representações grupais (grupo-único, dupla-identidade). 172 Portugueses nativos preencheram um questionário com as medidas de interesse. Os resultados revelaram a mediação esperada. As percepções dos Portugueses acerca da indispensabilidade dos imigrantes estavam associadas a menor distância social e a uma maior participação em acções colectivas, através da adopção de representações identitárias mais inclusivas. Replicando estudos anteriores, estes efeitos positivos devem-se a diferentes tipos de indispensabilidade, para os diferentes grupos de imigrantes, dadas as diferenças nas suas relações históricas com a sociedade de acolhimento.

Este artigo encontra-se aqui em acesso livre.