"Processos de Resiliência em Migrantes: Narrativas Biográficas de Brasileiros em Portugal"

Autor(es):
Sandra Roberto, Carla Moleiro

Publicação:
Psicologia em Estudo, 20 (2), 2015

Resumo:
Os estudos sobre as migrações têm focado as dificuldades, as barreiras e obstáculos na chegada e permanência no país de acolhimento. Reconhecendo a existência destes processos adversos, poucos estudos se têm dedicado ao modo como os migrantes superam as dificuldades com as quais se vão deparando. Mais ainda, poucos estudos dedicam atenção ao processo migratório como um todo, com início ainda no país de origem. Partindo da perspectiva teórica da resiliência, este estudo procurou compreender os contextos de adversidade e de recursos dos migrantes brasileiros em Portugal, ao longo das suas trajetórias de vida, observados na ligação entre o país de origem e o país de acolhimento, por meio de 12 narrativas biográficas. A análise das narrativas revelou a diversidade de processos de resiliência entre os migrantes. Revelou ainda que o contexto de adversidade surgia por meio das relações de desvalorização e rejeição com os portugueses, salientando-se a importância das vinculações afectivas e do sentimento de pertença, bem como o papel da diáspora brasileira em Portugal, como recursos significativos. Neste artigo, são ainda discutidas as implicações clínicas da análise das narrativas, numa perspectiva da resiliência.

Este artigo encontra-se aqui em acesso livre.