"Seleção e competências dos expatriados e estratégias de internacionalização. Um estudo exploratório de empresas portuguesas"

Autor(es):
Ana Pinheiro; Teresa Esteves, Fátima Suleman

Publicação:
Revista Portuguesa e Brasileira de Gestão, 14 (1), 2015

Resumo:
A pesquisa explora a relação entre competências requeridas a um candidato à expatriação e os modelos de gestão internacional. O pressuposto subjacente é que os critérios de seleção devem ser coerentes com o modelo de gestão. O estudo é de natureza qualitativa e exploratória e incide sobre três empresas portuguesas, com expatriados em vários países. Os resultados indiciam que a adaptabilidade, liderança e orientação para os resultados são exemplos de competências comuns a todos os modelos de gestão, mas há especificidades relacionadas com as competências culturais. Empresas de tipo etnocêntrico privilegiam competências de respeito pela diversidade cultural, enquanto as aptidões que facilitem a interação são relevantes para as empresas de tipo geocêntrico que valorizam a interação com a cultura do país de acolhimento.

Este artigo encontra-se aqui em acesso livre.