6. Bolsas e Outras Oportunidades para Investigadores

Imagem em Destaque
6. Bolsas e Outras Oportunidades para Investigadores

Concurso: Bolsas de Doutoramento e Pós-Doutoramento em Migração e Proteção Social (Conselho Europeu de Investigação)

Está aberto até dia 7 de outubro de 2016 o concurso para atribuição de uma bolsa de doutoramento e de uma bolsa de pós-doutoramento no âmbito do projeto “Migration, Transnationalism and Social Protection in (post-)crisis Europe” (MiTSoPro), financiado pelo Conselho Europeu de Investigação. Este projeto, liderado por Jean-Michel Lafleur (Centre d'Etudes de l'Ethnicité et des Migrations da Universidade de Liège), pretende estudar e intervir sobre as estratégias de proteção social transnacional, ou seja, sobre as formas como os migrantes transfronteiriços lidam com os riscos sociais em áreas como a saúde e o desemprego. As candidaturas deverão ser submetidas através deste email para o coordenador do projeto até 7 de outubro seguindo-se, após uma primeira triagem, um segundo momento de avaliação, em novembro, no qual um grupo selecionado de candidatos será entrevistado na Universidade de Liége ou remotamente (online). Os resultados finais serão divulgados até 15 de novembro de 2016, e os selecionados deverão começar de imediato o exercício de funções. Mais informações podem ser encontradas aqui.

 

Concurso: Bolsas de Doutoramento e de Apoio ao Doutoramento da Universidade de Lisboa

Encontra-se aberto até ao dia 30 de setembro de 2016 o concurso para bolsas de Doutoramento e de Apoio ao Doutoramento da Universidade de Lisboa. O concurso destina-se a estudantes inscritos ou aceites num ciclo de estudos de doutoramento da Universidade de Lisboa e contempla 163 bolsas distribuídas por 73 áreas de conhecimento. A duração da bolsa é anual, renovável, não podendo a sua duração máxima exceder três anos. As candidaturas devem ser apresentadas através de formulário electrónico a disponibilizar neste endereço, que permite a inclusão dos documentos de apoio de acordo com os procedimentos definidos no Manual de Candidatura. Cada candidatura admitida a concurso é avaliada, de acordo com o estipulado no Guião de Avaliação, pelo painel da Escola/Área de Conhecimento indicada pelo candidato. A avaliação é feita tendo em conta o mérito do candidato e, quando seja exigido para a Escola/Área de Conhecimento a que se candidata, o mérito e exequibilidade da proposta de plano de trabalhos, de acordo com os parâmetros previstos no Guião de Avaliação. Mais informações podem ser encontradas aqui.