6. Destaques OM, #13

Imagem em Destaque
6. Destaques OM, #13

CHAMADAS PARA COMUNICAÇÕES

 


Conferência “The Religious and Ethnic Future of Europe”: Nos dias 12 e 13 de junho de 2017 realiza-se na Åbo Akademi University, em Turku (Finlândia), a conferência internacional “The Religious and Ethnic Future of Europe”, uma iniciativa conjunta do Donner Institute for Research in Religious and Cultural History, do Centro de Excelência em Investigação “Young Adults and Religion in a Global Perspective” da Åbo Akademi University e do Instituto de Migrações da Finlândia. Os organizadores abriram um período de chamada para comunicações que se prolonga até 23 de janeiro, recebendo através deste email as propostas (resumos com max. 150 palavras) dos investigadores interessados em participar. Os tópicos privilegiados por este encontro científico incluem as projeções demográficas sobre religião e etnicidade, as estatísticas sobre religião e etnicidade e os seus contextos de utilização e instrumentalização, e as implicações das mudanças demográficas para a investigação sobre sociedades multiculturais, encontros inter-religiosos e diversidade. Entre os oradores convidados, confirmam-se já as presenças de Anne Goujon (Instituto de Demografia de Viena), Conrad Hackett (Pew Research Center, EUA), Vegard Skirbekk (Un. Columbia, EUA, e Instituto de Saúde Pública da Noruega) e Tuomas Martikainen (Instituto das Migrações da Finlândia). Mais informações podem ser encontradas aqui.

 


Workshop: “Racism and Anti-racism in the Nordic Societies”: A Universidade Södertörn, em Estocolmo, acolhe nos dias 1 e 2 de junho de 2016 um workshop organizado pela rede de investigadores Multiculturalism, Cultural Homogeneity and Societal Security in the Nordic Region (NordHOME) e dedicado ao tema do Racismo e Antirracismo nas Sociedade Nórdicas. A rede NordHOME é coordenada por Suvi Keskinen, investigadora da universidade finlandesa de Turku, e tem como objetivo debater de forma crítica as narrativas de coesão social e homogeneidade cultural que são geralmente associadas à segurança das sociedades nórdicas e se refletem nas atitudes para com a imigração e as minorias nacionais. O presente workshop pretende examinar os padrões de discursos racistas e as suas recentes transformações, bem como o papel das políticas públicas e da comunicação social na produção e distribuição dessas ideias pelas sociedades nórdicas. Para debater estas temáticas foram convidados vários especialistas, estando já confirmada a presença de Halleh Ghorashi (Un. Vrije, Holanda), Karim Murji (Un. Aberta, Reino Unido), Mattias Gardell (Un. Uppsala, Suécia) e Suvi Keskinen (Un. Turku, Finlândia). Os investigadores interessados em participar neste encontro devem possuir afiliação a uma universidade nórdica ou estónia, e enviar as suas propostas de comunicação (resumo com máx. 200 palavras) para este endereço de email até dia 31 de janeiro. Mais informações podem ser encontradas aqui.

 


27ª Conferência Anual EDEN - “Diversity Matters!”: Realiza-se de 13 a 16 de junho de 2017 na cidade sueca de Jönköping a 27ª edição da Conferência Anual da European Distance and E-Learning Network (EDEN), uma rede de investigadores e instituições académicas dedicada à promoção de eventos científicos e à edição de livros e revistas sobre ensino à distância. Este ano, os organizadores propõem um debate sobre a gestão da diversidade na educação, diversidade entendida tanto em termos de género, geração, cultura, etnia, língua ou nível de literacia dos alunos quanto em termos de media e tecnologias usados em ambientes de aprendizagem. Até 30 de janeiro de 2017 encontra-se aberta a chamada para trabalhos nas formas de Comunicação, Poster, Workshop, Demonstração, Sessão de Formação e “Sinergia”, que devem abranger um ou mais Temas definidos pelos promotores da conferência como estruturantes desta edição. Os autores interessados em participar deverão submeter as suas propostas através de formulários diferenciados constantes no site do evento, sendo notificados pela organização até ao dia 31 de março de 2017. Mais informações podem ser encontradas aqui.

 

 

OPORTUNIDADES PARA INVESTIGADORES:

 


Concurso: 2 vagas para Investigador Doutorando (WZB Berlin Social Science Center):
O WZB é um centro de investigação não universitário sediado em Berlim que alberga cerca de 160 investigadores nas áreas da sociologia, ciência política, economia, direito e história. Atualmente, esta instituição está a constituir um novo grupo de investigação interdisciplinar denominado “Global Citizenship Law: International Migration and Constitutional Identity” e coordenado por Liav Orgad. No âmbito deste projeto, que tem também a parceria do Robert Schuman Centre for Advanced Studies do European University Institute, o WZB abriu até dia 1 de março de 2017 candidaturas para duas vagas de Investigador Doutorando. O grau académico (doutoramento) será outorgado por uma universidade berlinense (a Free University of Berlin ou a Humboldt University of Berlin) e o trabalho realizado neste contexto poderá ser enquadrado em duas áreas temáticas: “Constitutional Identity and Global Migration” ou “Citizenship and Governance in the European Union”. Os anúncios integrais para estas duas vagas encontram-se, respetivamente, neste e neste endereços.

 

Novos relatórios:


Relatório OCDE: “Perspectives on Global Development 2017: International Migration in a Shifting World”: A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico disponibilizou em dezembro de 2016 o relatório “Perspectives on Global Development 2017: International Migration in a Shifting World”, que examina o papel cada vez mais preponderante dos países em desenvolvimento nas atividades económicas globais, equacionando-o com as transformações nos fluxos migratórios registadas nas últimas décadas. O documento centra a sua análise no período 1995 – 2015, recorrendo a uma nova categorização dos países-membros da organização, que são aqui agrupados segundo os seus ritmos de crescimento. Analisa o impacto das políticas migratórias sobre as migrações, bem como o de diversas políticas sectoriais em países em desenvolvimento de origem e de acolhimento de migrantes. O capítulo final desenvolve quatro cenários hipotéticos de migração para 2030 e elabora recomendações políticas no sentido de potenciar os benefícios das migrações para os países de origem e de acolhimento, bem como para os próprios migrantes. Este trabalho encontra-se integralmente acessível online neste endereço, podendo também ser adquirido na sua versão física.

 


Relatório FRA: “Current Migration Situation in the EU: Hate crime”: Foi divulgado em novembro de 2016 o relatório produzido pela Agência dos Direitos Fundamentais da União Europeia relativo a crimes de ódio contra imigrantes e refugiados, centrando-se a análise nos dados relativos aos dois últimos anos (2014-2016). Este relatório examina relatos de ataques ocorridos em 14 estados membros da UE, procurando também esclarecer quais são os principais fatores que limitam a denúncia desses incidentes e realçar boas práticas que procuram contrariar essas limitações. A análise dos dados recolhidos indica que a violência racista e xenófoba na UE é cometida tanto por elementos da sociedade em geral quanto por membros de grupos organizados, que a resposta das instituições estatais a estes crimes é percecionada como débil e insuficiente e que a maioria dos estados-membros não reúne nem publica dados estatísticos a este respeito. Sublinha ainda que, para além dos migrantes e refugiados, há outros grupos que são alvos preferenciais dos crimes de ódio, entre eles os muçulmanos, os ativistas de direitos humanos, os políticos "pró-refugiados" e os jornalistas que escrevem sobre o assunto. O relatório da Fundação dos Direitos Fundamentais pode ser encontrado aqui.

 

 

NÚMEROS TEMÁTICOS DE PUBLICAÇÕES PERIÓDICAS:

 


Fórum Sociológico: Número Especial “Interculturalidade e Educação”: O número 28 da revista Fórum Sociológico (Série II), editado pelo Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais da Universidade Nova de Lisboa, é dedicado ao tema da “Interculturalidade e Educação” e tem coordenação de Maria do Carmo Vieira Silva (FCSH-UNL). Em editorial, este número assume-se como um “dossiê multitemático relativamente às questões multi/interculturais, procurando contribuir para a reflexão e para a discussão científica num diálogo entre investigadores de diferentes nacionalidades, formações e campos do saber”. De realçar ainda que parte significativa das contribuições aqui inclusas surgiram no âmbito do projeto ALLMEET – Actions of Lifelong Learning addressing Multicultural Education and Tolerance in Russia – cofinanciado ao abrigo do programa TEMPUS da União Europeia e desenvolvido entre 2013 e 2016. Entre os investigadores que contribuem para o #28 do Fórum Sociológico contam-se  Inês Vieira, Cláudia Urbano, Maria do Carmo Vieira da Silva e Luís Baptista (FCSH-UNL, projeto ALLMEET), Morena Cuconato (Un. Bolonha), Stephen McKinney (Un. Glasgow), Abdeljalil Akkari (Un. Genebra), Ana Catarina Mendes Garcia (FCSH-UNL), Luís Filipe da Câmara da Fonseca (FCSH-UNL) e Ânia Soeiro Matos (Universidade de Línguas Estrangeiras de Dalian, China). Este número do Fórum Sociológico encontra-se aqui em acesso livre.

 


Journal of Contemporary Ethnography: Número especial “Migrant Narratives and Ethnographic Tropes: Navigating Tragedy, Creating Possibilities”: O mais recente número da publicação bimestral Journal of Contemporary Ethnography, editada pela Sage Journals, recebe o título “Migrant Narratives and Ethnographic Tropes: Navigating Tragedy, Creating Possibilities” e é organizado por Susan Bibler Coutin (Un. Califórnia, Irvine) e Erica Vogel (Saddleback College). Neste número temático, diversos investigadores abordam o fenómeno migratório – principalmente os relatos e experiências de passagem de fronteiras e das perdas e separações a elas associadas – numa perspetiva etnográfica. Neste sentido, o relato e as leituras produzidas pelos etnógrafos situam-se algures entre os de um ativista, de um académico e de um narrador, localizando e contextualizando os casos abordados numa história mais vasta de interligação e desigualdade global. Entre os investigadores que contribuem para este número encontram-se Heath Cabot (College of the Atlantic), que aborda o contexto dos refugiados na Grécia, Leo Coleman (City University of New York), com um estudo sobre a mobilidade urbana em Nova Deli, e Ruth Gomberg-Muñoz (Loyola University Chicago), acerca das estratégias de partilha de narrativas pessoais por parte de imigrantes não documentados. Mais informação sobre este número do Journal of Contemporary Ethnography pode ser encontrado aqui.