Análise Social: Futebol Gobalizado

Imagem em Destaque

O último número da revista Análise Social, organizado por Nina Clara Tiesler, investigadora do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS/UL), e João Nuno Coelho, investigador da Escola Superior Artística do Porto (ESAP), reúne contributos de investigadores provenientes de diferentes países e áreas disciplinares que têm vindo a desenvolver um trabalho sobre o fenómeno do futebol. Neste número inteiramente dedicado ao tema "Futebol Globalizado" a relação entre futebol e migrações em espaços lusófonos é umas das questões abordadas, disponibilizam-se aqui os resumos dos artigos que se cruzam com a problemática das migrações. A revista inclui ainda uma recensão do livro Migration, Mobility and Bordrers. Issues of Theory and Policy, por David Cairns, investigador do ICS. Disponibiliza-se uma ligação para esta recensão.

 

 

Futebol Globalizado
Análise Social, N.º 179, Volume XLI, 2006
Revista do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

 

Introdução
O futebol globalizado: uma perspectiva lusocêntrica
Nina Clara Tiesler, ICS/UL 
João Nuno Coelho, ESAP

 

Artigos:

Migração para Portugal de jogadores de futebol africanos: recurso colonial e neocolonial
Paul Darby, Universidade de Ulster, Jordanstown

“O presente artigo apresenta uma visão geral dos padrões de migração para Portugal de jogadores de futebol africanos, avaliando a medida pela qual o futebol português tem explorado os recursos futebolísticos das suas antigas colónias africanas e analisando o impacto desta tendência no futebol africano aos níveis local e nacional. Os dados empíricos apresentados têm como base modelos económicos de globalização.”  

 

Identidade transnacional adaptativa e venda do scoccer: o New England Revolution e as populações imigrantes lusófonas
Miguel Moniz, ICS/UL

“Este artigo aborda os processos de identidade transnacional adaptativa relacionados com o scoccer entre as comunidades imigrantes lusófona na Nova Inglaterra. Dedica-se especial atenção à forma como a equipa de scoccer New England Revolution (na 1ª Divisão americana) vende o clube aos imigrantes lusófonos e, em resultado, participa no campo social transnacional, importante para a integração social e económica dos imigrantes nos contextos locais. Este artigo dá a conhecer os processos de migração transnacional adaptativa examinando uma instituição que não está ligada através do discurso ao grupo de imigrantes mas que, em qualquer caso, serve os seus fins adaptativos.”

Mais informação sobre os restantes artigos deste número da Análise Social disponível em :

http://www.ics.ul.pt/publicacoes/analisesocial/ultima.htm

 

Recensão:

Thomas Geisen, Anthony Andrew Hickey, Allen Karcher (eds.), Migration, Mobility and Borders. Isues of Theory and Policy, Iko-Verlag fur Interkulturelle Kommunication, Frankfurt am Main/Londres, 2004
David Cairns, ICS/UL

http://www.ics.ul.pt/publicacoes/analisesocial/recensoes/179/davidcairns.pdf