Artigo: “O estado do corpo imigrante e o corpo do Estado: negociações..."

A antropóloga Elizabeth P. Challinor, do polo da Universidade do Minho do CRIA (Centro em Rede de Investigação em Antropologia) publica na última edição da revista brasileira Saúde e Sociedade um artigo onde analisa a interação entre vários agentes do Estado português e estudantes caboverdianos a residir em Portugal. Através de uma metodologia etnográfica, a autora pretende examinar as práticas disciplinares do Estado e as negociações e lutas de poder que ocorrem nesse contexto, concluindo que “a ideia de um Estado neutro e justo que trata todos os cidadãos em pé de igualdade é simultaneamente reproduzida e negada na prática, elucidando como o Estado constitui um símbolo de união de uma efetiva desunião.” O artigo encontra-se em acesso livre neste link.