Artigo: "Superdiversity and conviviality: exploring frameworks..."

A imigração internacional enriquece a oferta cultural de muitas cidades europeias, desafiando imigrantes e cidadãos locais a encontrarem formas de convivialidade e de diálogo intercultural muitas vezes esquecidas pelos cientistas sociais. Historicamente, os estudos sobre migração centram-se nas questões relacionadas com a integração social e profissional das populações migrantes, com especial enfoque para o racismo e a xenofobia. Este artigo da autoria de Beatriz Padilla, Joana Azevedo e Antonia Olmos-Alcaraz  reflete sobre como os conceitos de “convivialidade” e “superdiversidade” se combinam no dia a dia dessas cidades multiculturais a partir da pesquisa qualitativa desenvolvida entre 2009 e 2012 em Lisboa (Portugal) e Granada (Espanha). “Superdiversity and conviviality: exploring frameworks for doing ethenography in Southern European intercultural cities” foi publicado na revista “Ethnic and Racial Studies” e pode ser lido aqui.