“O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos e os Símbolos Religiosos: O uso do véu muçulmano na Europa do século XXI”


Concurso: 2 vagas para Investigador no Institut National d’Études Démographiques (INED)


Introdução Teses

A coleção Teses pretende divulgar dissertações de Mestrado e de Doutoramento, de reconhecido interesse, sobre imigração e diálogo intercultural em Portugal, que dificilmente de outra forma chegariam ao grande público. 46 Teses estão disponíveis de momento.

Os investigadores interessados em publicar as suas dissertações de Mestrado ou Doutoramento devem consultar neste link o edital que enquadra a edição de obras na coleção Teses.


"'The Place I Long to Be': Resilience processes in migrants"

Autor(es):
Sandra Roberto, Carla Moleir, Nuno Ramos e Jaclin Freire

Publicação:
Psicologia, 20 (3), 2016

Resumo:
Migration has been addressed in studies with a marked focus on its obstacles and difficulties, particularly in the contact with the host country. Recognizing that migrating is a complex process that involves several hardships, it is imperative to understand how migrants overcome adversity and to become aware of the resources mobilised to be cultural adjusted. Based on the theoretical perspective of resilience, this study aims to understand the contexts of adversity, resources and adjustment of Cape Verde migrants in Portugal, who have migrated to continue their studies in higher education. The collected 10 biographical narratives revealed the meanings of their life journeys, both in their country of origin and in the host country. The analysis of the narratives allowed the understanding of the diversity of resilience processes among the participants. The adversities were related to two main dimensions: cultural differences and interpersonal relationships with the Portuguese. In terms of resources, participants stressed the importance of the Cape Verdean diaspora upon arrival to the new country. Along the length of stay for some migrants, this remained the main resource; however, others were developing belongings and significant attachments in a broader context. In terms of cultural adjustment, many configurations have emerged, standing for the fluid nature of the resilience process, which can occur in different ways.

Este artigo encontra-se aqui em acesso livre.


cabecalho_medium.jpg

cabecalho_small_b.jpg

cabecalho_small.jpg

News_cabeçalho.jpg

Chamada para Comunicações: “Afroeuropeans: Black Cultures and Identities in Europe”


Aula Aberta: “A Europa e os Refugiados: Enfermagem Transcultural”


Escola Enfermagem 1.pdf

"La mobilité internationale: Une qualité des carrières et des marchés académiques en Europe?"

Autor(es):
Gaële Goastellec

Publicação:
Journal of International Mobility, 4 (1), 2016

Resumo:
Si la mobilité internationale est désormais largement présentée comme une qualité des carrières et des marchés académiques dans les discours des gouvernants et acteurs des enseignements supérieurs, peu de recherches documentent les effets de cette mobilité sur les individus et les organisations universitaires. Pourtant, dans un nombre croissant de pays, des instruments sont développés qui visent à augmenter les mobilités des académiques. À partir d’une recherche collective européenne (EuroAC, la profession académique en Europe), quantitative et qualitative, cet article interroge les mobilités internationales prenant place aux étapes formelles de la carrière (diplômes, post-doctorat, recrutements), leurs temporalités et leurs territoires, leurs effets sur les organisations universitaires, les pratiques et les parcours professionnels des individus. Il montre comment l’ économie de la qualité à l’entrée de la profession, percutée par l’introduction de la mobilité comme critère de qualité, entre en tension avec l’inscription relationnelle du jugement scientifique dans les recrutements, et, partant, augmente la part d’incertitude pesant sur les candidats à l’entrée de la profession.

Este artigo encontra-se aqui em acesso livre.


Sabia que muito embora a maioria da população residente em Portugal se auto-identifique como católica, nas últimas décadas tem vindo a aumentar a diversidade religiosa em Portugal?

Imagem em Destaque
Sabia que muito embora a maioria da população residente em Portugal se auto-identifique como católica, nas últimas décadas tem vindo a aumentar a diversidade religiosa em Portugal?

Este trabalho procurou caracterizar a presença dos imigrantes e descendentes de imigrantes dos PALOP no ensino superior e compreender a interação dos múltiplos processos que terão produzido as trajetórias dos estudantes até esse nível de ensino. Nesse sentido, as autoras recorreram a uma abordagem multi-método que contemplou, por um lado, a análise de diferentes fontes secundárias de dados estatísticos e, por outro, a realização de entrevistas biográficas a jovens imigrantes e descendentes de imigrantes dos PALOP que, apesar das condições socioeconómicas adversas de partida, realizaram trajetos de escolarização “bem-sucedida” e ingressaram no ensino superior. O estudo conclui que em Portugal têm sido concebidas legislação e iniciativas relevantes no sentido da inclusão destes alunos, embora essas medidas não tenham sido suficientemente abrangentes nem tenham sido acompanhadas de mecanismos de avaliação da sua implementação. Relativamente à presença e aos percursos dos jovens de origem africana no sistema educativo português, identificaram-se desigualdades importantes no acesso ao ensino superior (agravadas na última década) entre afrodescendentes e os pares de origem portuguesa, observou-se um retrocesso nas taxas de acesso ao ensino superior por parte dos afrodescendentes, e reconheceu-se uma tendência para encaminhar estes jovens para as vias profissionalizantes logo no ensino básico, mas sobretudo no ensino secundário.


Trabalho

¹ Para um maior aprofundamento deste tema pode ser consultado o volume 24 da coleção "Estudos OI", com o título Estudo Prospectivo sobre Imigrantes Qualificados em Portugal, e o volume 54 da mesma coleção, com o título Processos de Admissão e de Integração de Imigrantes Altamente Qualificados em Portugal e a Sua Relação com a Migração Circular. Pode ainda ser consultado o número 11 da revista “Migrações”, nomeadamente o artigo Highly Skilled Immigrants in Portugal: Analysing Policy Developments and its Impacts with a Typology.

² Para um maior aprofundamento deste tema pode ser consultado o volume 41 da coleção “Estudos OI”, com o título Imigração e Sinistralidade Laboral (pp. 118-121) e o número 11 da revista Migrações”, nomeadamente o artigo Highly Skilled Immigrants in Portugal: Analysing Policy Developments and its Impacts with a Typology (pp. 90-92).

³ Para um maior aprofundamento deste tema pode ser consultado o volume 41 da coleção "Estudos OI", com o título Imigração e Sinistralidade Laboral.

Para um maior aprofundamento deste tema pode ser consultado o número 2 da revista Migrações, dedicado ao tema "Migrações e Mercado de Trabalho".


Desemprego 2014 a 2015.pdf

Palestra: "(In)visibilidades e (i)mobilidades: O caso do Batuku em Lisboa"


Palestra: "(In)visibilidades e (i)mobilidades: O caso do Batuku em Lisboa"

23 Jan 2017

 

O ISCTE-IUL acolhe no próximo dia 23 de janeiro mais uma edição dos Encontros Mensais sobre Experiências Migratórias. Desta feita, Hanna Stepanik (CIES-IUL; Un. Viena, Áustria) apresentará "(In)visibilidades e (i)mobilidades: O caso do Batuku em Lisboa", com comentários a cargo de Jorge Malheiros (CEG, IGOT-UL). Nas palavras da autora, a apresentação centrar-se-á "na relação entre as noções de (i)mobilidade, (in)visibilidade e a construção da diáspora migratória por meio do Batuku enquanto prática cultural e popular no contexto pós-colonial de Lisboa". O evento realiza-se no Auditório Caiano Pereira do Edifício Sedas Nunes do ISCTE-IUL, com início previsto para as 17h30. Mais informação pode ser encontrada aqui.

Imagem em Destaque

Imigrantes Desempregados em Portugal e os desafios das políticas ativas de Emprego


Resumo Estudo 59.pdf

Resumo Estudo 59.pdf (Versão 1.0)

Uploaded by Pedro Soares, 12-01-2017 17:31
1 de 2
Comentários
Ainda não há comentários. Seja o primeiro.

Arquivo de Newsletters

Ativado por Liferay