21 Feb 2018

No âmbito dos Encontros sobre Experiências Migratórias, iniciativa conjunta do CIES-IUL, do CRIA, e da RedeMigra, realiza-se no dia 21 de fevereiro de 2018, pelas 18:00, no Auditório Paquete de Oliveira Ed. Sedas Nunes, no ISCTE-IUL, um debate interdisciplinar dedicado ao tema “Dynamiques urbaines, situations migratoires et construction des altérités”. O encontro conta com a intervenção da investigadora Karina Martos (Investigadora visitante CIES-IUL) e do professor Abdelhafid Hammouche (Professor de sociologia na Universidade de Lille 1). Mais informações sobre o encontro disponíveis aqui

Imagem em Destaque

23 Feb 2018

No dia 23 de fevereiro de 2018, a OCDE lançará no Auditório do Centro Nacional de Apoio à Integração de Imigrantes (CNAIM) de Lisboa (Rua Álvaro Coutinho, 14), a publicação “Addressing Forced Displacement through Development Planning and Co-operation: Guidance for Policy Makers and Practitioners”. A iniciativa terá na sessão de abertura o Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita (a confirmar), a Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Teresa Monteiro, a Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, e o Diretor de Cooperação e Desenvolvimento da OCDE, Jorge Moreira da Silva. A apresentação deste Relatório da OCDE ficará a cargo do Diretor da Direção de Cooperação e Desenvolvimento da OCDE, Jorge Moreira da Silva, com a moderação do Alto-Comissário para as Migrações (ACM), Pedro Calado. A comentar o relatório estará o Presidente da Plataforma Global de Assistência Académica de Emergência a Estudantes Sírios, Jorge Sampaio, e o Coordenador da Plataforma de Apoio aos Refugiados, Rui Marques. Na sessão de encerramento, com moderação de Vasco Malta do ACM, intervirá o Alto-Comissário para as Migrações, Pedro Calado, e a Diretora Nacional Adjunta do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Cristina Gatões. Os interessados em participar na iniciativa deverão inscrever-se até às 17h00, do dia 22 de fevereiro, através do formulário disponível aqui. Conheça aqui o programa completo.

Imagem em Destaque

21 Feb 2018

No dia 21 de fevereiro de 2018 tem lugar em Bruxelas o segundo workshop do grupo de trabalho “Facilitating evidence-based integration policies in cities” no âmbito da Urban Agenda for the EU - Partnership on Inclusion of Migrant and Refugees. O encontro conta na primeira parte, subordinada ao tema” Towards wider use of EU indicators on local-regional level”, com a intervenção da Diretora do Observatório das Migrações, Catarina Reis Oliveira, acerca de EU indicators & multilevel implications of national monitoring systems – Experiences from Portugal, tendo sido convidada para apresentar o trabalho do Observatório das Migrações (OM), ao nível da monitorização dos indicadores de integração de imigrantes em Portugal e publicado na Coleção Imigração em Números deste OM. Este primeiro painel conta, na sessão de abertura, com a intervenção de Laurent Aujean, da DG Home, e Alexander Wolffhardt, do MPG, prosseguindo com as intervenções de Laurent Aujean, DG Home sobre “EU integration indicators in use: experiences, local-level aspects & perspectives, Piotr Juchno e Fabienne Montaigne, Eurostat, sobre “Results of feasibility & publication of EU integration indicators at infra-national level” e, ainda, Renske Hoedemaker, City of Amsterdam; George Sarelakos, City of Athens, Luc Vanden Berge, City of Ghent; Pasi Saukkonen, City of Helsinki e Theodora Manolakos, City of Vienna, acerca de “Consideration of EU indicators in monitoring systems & cities’ needs for comparison and benchmarking”. O segundo painel será dedicado ao tema “European instruments & cooperation for analysis of immigrant integration in cities”, contando com a intervenção de Lewis Dijkstra, DG Regio, sobre “Cooperative development and use of urban indicators”, Fabrizio Natale, JRC Joint Research Centre, sobre “Using census data to analyse integration” e Anne-Linde Joki, MPG, sobre “Scoping the potential exploitation of diverse European sample surveys”. A terceira parte da sessão será dedicada ao tema “Fostering know-how transfer & possible instruments for mutual learning” contará com a participação de Alexander Wolffhardt, MPG, sobre “Mapping of past initiatives, networks & potential instruments”, Salvatore Sofia, EUROCITIES, sobre “Data & monitoring in EUROCITIES networks and projects”, Laura Colini, URBACT Programme Expert, sobre “Experiences & opportunities through URBACT, bem com as participações de Renske Hoedemaker, City of Amsterdam; George Sarelakos, City of Athens, Luc Vanden Berge, City of Ghent; Pasi Saukkonen, City of Helsinki & Theodora Manolakos, City of Vienna, no âmbito de “Experiences with networking & needs”. Conheça aqui o programa completo.

 

Imagem em Destaque

01 Mar 2018

O ISCTE-IUL (Lisboa, Entrecampos) promove no dia 1 de março de 2018, entre as 14h e as 18h, o seminário Diversidade linguística e educação bi e plurilingue: em torno de quatro projetos pioneiros em Portugal. O seminário conta, na Sessão Plenária, com a participação de Dulce Pereira, no papel de convidada, e Clara Keating, enquanto comentadora, prosseguindo com uma Sessão de apresentação de quatro intervenções piloto, moderada por Ana Raquel Matias, com os seguintes oradores: Raja Litwinoff (Projecto Piloto de Educação Bilingue e Bicultural no Ensino Pré-Primário e Primário: Pedreira dos Húngaros (FCG; 1990-1994); Manuela Duque Vieira (Orientações e Práticas Educativas Interculturais e Bilingues em Jardins de Infância com Crianças Cabo-Verdianas (Secretariado EntreCulturas, ACM; de 1986 a 1998-2000); Maria da Luz Correia, Metodologia de projeto em contextos escolares multilingues. Estudos de caso em Portugal e em Cabo Verde (2002-2005) e Ana Josefa Cardoso (Turma Bilingue e Escola Multilingue no ensino básico, 1.º e 2º ciclos (ILTEC, FCG; 2008-2012). O encontro prossegue com uma Sessão de reflexão conjunta com convidados, contando com a participação de Pedro Abrantes, em representação do Gabinete do Ministro da Educação, e de um representante do Espaço Jovem do Vale da Amoreira (Escolha VA). Este seminário integra o primeiro encontro de um ciclo de 6 seminários dedicados às Políticas e práticas linguísticas em Portugal: Que escolhas, resistências e imposições? Este ciclo de seminários tem uma periodicidade semestral (de março de 2018 a junho 2020) e decorre no âmbito do atual projeto de investigação em pós-doutoramento Konta bu storia – Padrões de Aculturação Linguística entre descendentes de imigrantes africanos no Vale da Amoreira (financiado pela FCT/MCTES); da Unidade Curricular Diversidade Linguística nas Sociedades Contemporâneas (English: Linguistic Diversity in Contemporary Societies), integrada no Mestrado Educação e Sociedade (ISCTE-IUL); na linha de sociolinguística do NHUMEP/CES; nas unidades curriculares de Linguagem, Cultura e Sociedade, Estudos de Língua e Cultura e Estudos do Discurso, no âmbito de Licenciatura e Mestrado em Línguas Modernas e Línguas, Literaturas e Culturas na Faculdade de Letras (Universidade de Coimbra). A organização do ciclo de seminários está a cargo de dois centros de investigação: CIES-IUL/ISCTE-IUL e CES-UC. Mais informações sobre o seminário disponíveis aqui.

Imagem em Destaque

05 Feb 2018 - 09 Feb 2018

A Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa promove entre 5 e 9 de fevereiro de 2018, entre as 18:30 e as 21:30, o "V Curso Breve em Direitos dos Estrangeiros: O Contencioso de Asilo, Imigração e Nacionalidade". O programa do curso, com uma duração total de 15h, integra um vasto conjunto de temáticas, englobando, os “Conceitos gerais de Direito de Imigração e Asilo”, “Os Princípios do Direito de Nacionalidade”, “Procedimento de Asilo”, “Concessão e Renovação de Autorização de Residência em Portugal”, “As Alterações à Lei de Estrangeiros e a Regularização de Imigrantes”, “As Alterações à Lei de Nacionalidade e a Ligação Efetiva à Comunidade Nacional”, “Os Recursos Administrativos em Matéria de Imigração e Asilo”, “O Processo de Oposição à Nacionalidade”, “Jurisprudência do TEDH em matéria de Asilo e Imigração” e “A Jurisprudência do TJUE em matéria de Asilo e Imigração”.
O curso dirige-se a todos os interessados na área do Direitos dos Estrangeiros, em particular do Contencioso de Asilo, Imigração e Nacionalidade, destinando-se a advogados, juízes, procuradores, funcionários públicos, colaboradores de ONG, associações de imigrantes, bem como estudantes e investigadores dos temas abrangidos no curso.
O Curso permite a obtenção de um Certificado de frequência (presença em 4 sessões no mínimo).
Mais informações podem ser obtidas através deste e-mail.

Imagem em Destaque

11 Feb 2018

No âmbito do X Congresso Português de Sociologia, subordinado ao tema “Na era da pós-verdade? Esfera pública, cidadania e qualidade da democracia no Portugal contemporâneo”, foi alargado até ao dia 11 de fevereiro de 2018 o período para submissão de comunicações na área temática Migrações, Etnicidade e Racismo, coordenada por Pedro Góis (FE- CES/UC), José Carlos Laranjo Marques (IPL - CICS.NOVA) e João Peixoto (ISEG –UL), sobre um dos seguintes temas:
- Migrações internacionais contemporâneas
- Migrações de (e para) a União Europeia
- Emigração e imigração em Portugal
- Refugiados
- Migrações, media e opinião pública
- Migrações ambientalmente induzidas
- Integração e cidadania
- Etnicidade(s) e identidade(s)
- Transnacionalismo
- Xenofobia e racismo(s)
Serão particularmente consideradas comunicações que apresentem e discutam sociologicamente dados empíricos recentes, quer quantitativos, quer qualitativos. Os resumos devem ser organizados com as secções: objetivos, métodos, resultados e conclusões, devendo ter, no máximo, 2500 (sem espaços).

Este Congresso da Associação Portuguesa de Sociologia (APS), decorrerá entre 10 e 12 de julho de 2018, na Universidade da Beira Interior. As regras e prazos a considerar para a submissão dos resumos, assim como mais informações sobre o X Congresso Português de Sociologia estão disponíveis neste endereço

.

Imagem em Destaque

12 Feb 2018 - 23 Feb 2018

O Observatório das Migrações (OM) promove entre os dias 12 e 23 de fevereiro de 2018, uma Quinzena Temática OM acerca de Imigração e Nupcialidade, no mês em que se assinalam o Dia dos Namorados e o Dia Mundial do Casamento, convidando tod@s @s interessad@s a visitarem o Centro de Documentação no Centro Nacional de Apoio à Integração de Migrantes (CNAIM) do ACM, IP, na Rua Álvaro Coutinho, 14, em Lisboa, entre as 09h30 e as 17h30.
Publicações relevantes, nomeadamente da Coleção Estudos do OM, entre outras referências bibliográficas do acervo do Centro de Documentação, e dados oficiais acerca do tema, sistematizados e analisados pelo OM, estarão disponíveis para consulta. Poderão também, neste âmbito, ser consultadas todas as publicações do Observatório das Migrações subordinadas a outras temáticas.
Haverá ainda, para oferta, várias publicações que abordam temas adjacentes.
Saiba mais sobre esta edição das Quinzenas Temáticas OM aqui.


 


 

 

Imagem em Destaque

31 Jan 2018

 

A Universidade de Lisboa promove a Conferência Migrações 2018, estando aberto  até ao dia 31 de janeiro de 2018 o período para submissão comunicações. A Conferência, a realizar-se entre 26 e 28 de junho em Lisboa, pretende constituir um fórum de discussão entre peritos, jovens investigadores, estudantes, profissionais e decisores políticos na área das migrações, integrando cerca de 100 sessões paralelas centradas nas migrações, populações migrantes, diásporas, políticas de imigração, bem como sobre os não migrantes e o maior impacto da mobilidade humana. O programa científico da conferência incluirá debates, apresentações orais, apresentações de posters e workshops, contando entre os principais convidados, com a participação de Douglas Massey, Saskia Sassen, Oded Stark, Giuseppe Sciortino, Caroline Brettell, Barry Chiswick e Karen Phalet. O encontro que constitui a 6.ª edição das The Migration Conferences (TMC) é coorganizado por Ibrahim Sirkeci (Universidade Regente), Jeffrey Cohen (Universidade Estadual de Ohio), Philip Martin (Universidade da Califórnia, Davis), Gudrun Biffl (Universidade do Danúbio, Krems), contando em Portugal com o ISEG, Universidade de Lisboa (João Peixoto) e o IGOT, Universidade de Lisboa (Maria Lucinda Fonseca), como entidades anfitriãs.

Mais informações sobre a conferência disponíveis neste endereço.

 

Imagem em Destaque

12 Feb 2018 - 23 Feb 2018

Observatório das Migrações (OM) promove entre os dias 12 e 23 de fevereiro de 2018, uma Quinzena Temática OM acerca de Imigração e Nupcialidade, no mês em que se assinalam o Dia dos Namorados e o Dia Mundial do Casamento, convidando tod@@s interessad@s a visitarem o Centro de Documentação no Centro Nacional de Apoio à Integração de Migrantes (CNAIM) do ACM, IP, na Rua Álvaro Coutinho, 14, em Lisboa, entre as 09h30 e as 17h30.

Publicações relevantes, nomeadamente da Coleção Estudos do OM, entre outras referências bibliográficas do acervo do Centro de Documentação, e dados oficiais acerca do tema, sistematizados e analisados pelo OM, estarão disponíveis para consulta. Poderão também, neste âmbito, ser consultadas todas as publicações do Observatório das Migrações subordinadas a outras temáticas.
Haverá ainda, para oferta, várias publicações que abordam temas adjacentes.

Saiba mais sobre esta edição das Quinzenas Temáticas aqui.

Imagem em Destaque

12 Dec 2017 - 28 Jan 2018

No âmbito do X Congresso Português de Sociologia, subordinado ao tema “Na era da pós-verdade? Esfera pública, cidadania e qualidade da democracia no Portugal contemporâneo”, foi alargado até ao dia 11 de fevereiro de 2018 o período para submissão de comunicações na área temática “Migrações, Etnicidade e Racismo”, coordenada por Pedro Góis (FE- CES/UC), José Carlos Laranjo Marques (IPL - CICS.NOVA) e João Peixoto (ISEG –UL), sobre um dos seguintes temas:
- Migrações internacionais contemporâneas
- Migrações de (e para) a União Europeia
- Emigração e imigração em Portugal
- Refugiados
- Migrações, media e opinião pública
- Migrações ambientalmente induzidas
- Integração e cidadania
- Etnicidade(s) e identidade(s)
- Transnacionalismo
- Xenofobia e racismo(s)
Serão particularmente consideradas comunicações que apresentem e discutam sociologicamente dados empíricos recentes, quer quantitativos, quer qualitativos. Os resumos devem ser organizados com as secções: objetivos, métodos, resultados e conclusões, devendo ter, no máximo, 2500 (sem espaços).

Este Congresso da Associação Portuguesa de Sociologia (APS), decorrerá entre 10 e 12 de julho de 2018, na Universidade da Beira Interior. As regras e prazos a considerar para a submissão dos resumos, assim como mais informações sobre o X Congresso Português de Sociologia estão disponíveis neste endereço

Imagem em Destaque

21 May 2018

O Observatório das Migrações tem aberto até ao dia 21 de maio de 2018 (Dia Mundial para a Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento), um período para apresentação de artigos para a Revista Migrações, dedicada ao tema "Afrodescendentes em Portugal", para assinalar a Década Internacional dos Afrodescendentes 2015-2024". Os interessados devem propor artigos originais sobre um dos seguintes subtemas ou dimensões de estudo:

           - Afrodescendentes: conceitos, categorias e dimensões analíticas
           - Afrodescendentes na História
           - Afrodescendentes em Portugal e o estado da arte: o que sabemos e o que desconhecemos?
           - Desafios com categorias raciais e étnicas e dilemas estatísticos?
           - Afrodescendentes e integração escolar
           - Afrodescendentes e integração no mercado de trabalho
           - Afrodescendentes, habitação e condições de vida
           - Afrodescendentes e saúde
           - Afrodescendentes, direitos políticos e integração política
           - Afrodescendentes no quadro jurídico e dos direitos humanos
           - Afrodescendentes, nacionalidade e cidadania
           - Afrodescendentes, associativismo, ativismo e o papel da sociedade civil
           - Afrodescendentes, criminalidade e justiça
           - Afrodescendentes, racismo e discriminação de base racial e étnica
           - Afrodescendentes e as questões de género
                                                          - Afrodescendentes nos media e perceções sociais

O edital deste call encontra-se disponível aqui, estando previsto o prémio de dois mil euros para o melhor artigo cientifico proposto e a publicação dos 10 melhores artigos científicos neste volume especial da Revista Migrações em 2018.
Os interessados deverão conhecer ainda as regras de apresentação de artigos da Revista Migrações em http://www.om.acm.gov.pt/-/apresentacao-de-originais

Imagem em Destaque

19 Mar 2018 - 23 Mar 2018

O International Training Centre of the ILO promove entre os dias 19 e 23 de março de 2018, em Turim, a realização do curso “Extending social protection to migrant workers, refugees and their families”. A iniciativa tem como objetivos: compreender as questões e oportunidades relacionadas com a extensão da proteção social aos trabalhadores migrantes, refugiados e suas famílias, abordar o quadro jurídico internacional que abrange trabalhadores migrantes e refugiados, analisar as diferentes medidas existentes para ampliar a proteção dos trabalhadores migrantes e dos refugiados (incluindo acordos multilaterais,  bilaterais e medidas unilaterais nos países de origem e de destino), analisar os desafios específicos enfrentados por certos grupos para aceder à proteção social (como trabalhadores domésticos, trabalhadores migrantes temporários, migrantes irregulares, refugiados), bem como explorar e analisar como expandir a proteção social a imigrantes e refugiados, com base nas experiências e nas boas práticas de cada país. O curso dirige-se a todos os interlocutores envolvidos na implementação de medidas multilaterais, bilaterais e unilaterais, em matéria de proteção social de trabalhadores migrantes e refugiados, em particular, gestores, profissionais que trabalham em instituições de segurança social, decisores políticos, representantes de parceiros sociais, entre outros agentes diretamente ligados a esta matéria. Os interessados em participar nesta formação deverão inscrever-se até ao dia 19 de fevereiro, através deste endereço.
Mais informações sobre este curso disponíveis aqui

Imagem em Destaque

31 Jan 2018

A Universidade de Lisboa promove a Conferência Migrações 2018, encontrando-se aberto até ao dia 31 de janeiro de 2018 o período para submissão comunicações. A Conferência, a realizar-se entre 26 e 28 de junho em Lisboa, pretende constituir um fórum de discussão entre peritos, jovens investigadores, estudantes, profissionais e decisores políticos na área das migrações, integrando cerca de 100 sessões paralelas centradas nas migrações, populações migrantes, diásporas, políticas de imigração, bem como sobre os não migrantes e o maior impacto da mobilidade humana. O programa científico da conferência incluirá debates, apresentações orais, apresentações de posters e workshops, contando entre os principais convidados, com a participação de Douglas Massey, Saskia Sassen, Oded Stark, Giuseppe Sciortino, Caroline Brettell, Barry Chiswick e Karen Phalet. O encontro que constitui a 6.ª edição das The Migration Conferences (TMC) é coorganizado pelo Prof. Ibrahim Sirkeci (Universidade Regente), Prof. Jeffrey Cohen (Universidade Estadual de Ohio), Prof. Philip Martin (Universidade da Califórnia, Davis) , Prof Gudrun Biffl (Universidade do Danúbio, Krems), contando em Portugal com o ISEG, Universidade de Lisboa (Professor João Peixoto Fonseca) e o IGOT, Universidade de Lisboa (Prof. Maria Lucinda), como entidades anfitriãs.
Mais informações sobre a conferência disponíveis neste endereço.

Imagem em Destaque

15 Jan 2018 - 18 Jan 2018

 


Entre 15 e 18 de janeiro (2018) decorre na sede da OCDE, em Paris, o Fórum Internacional sobre Estatísticas das Migrações (IFMS-2018).  Este fórum visa mobilizar conhecimentos de uma ampla gama de disciplinas como estatística, economia, demografia, sociologia, ciência geo-espacial e tecnologia da informação, disciplinas que podem contribuir para melhorar a compreensão global do fenómeno da migração. O Fórum que será organizado em torno de vários temas - Medição das migrações; Inovação e síntese de fontes de dados; Compreensão das migrações através de dados; Cooperação e gestão de dados e Capacitação -, assumindo-se como uma oportunidade para os decisores políticos entrarem em contacto direto com especialistas em dados de migrações, visando criar sinergias entre diferentes atores e perspetivas, com representantes de países de "origem", "trânsito" e "anfitrião" de migrantes. Está confirmada a participação da Diretora do Observatório das Migrações, Catarina Reis Oliveira, para partilhar a experiência portuguesa com a Coleção Imigração em Números do OM. Mais informações sobre este Fórum, disponíveis neste endereço

Imagem em Destaque

O Observatório das Migrações promoveu no dia 18 de Dezembro, Dia Internacional dos Migrantes, entre as 9h30 e as 18h30, no Auditório 3, da Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), em Lisboa, as X Jornadas do Observatório das Migrações. O encontro contou com a intervenção de diversos peritos nacionais, bem como de uma representante internacional da Organização Internacional para as Migrações (OIM) Genebra, num total de 16 oradores. No encontro estiveram presentes cerca de uma centena de participantes (98 participantes), maioritariamente representantes de serviços públicos (47), provenientes de diferentes regiões do país, do meio académico (17), estudantes (12), representantes de Organizações Não Governamentais (ONG) (10), representantes da sociedade civil (7), jornalistas (2), entre outros (3). O evento recebeu a cobertura de diversos órgãos de comunicação social, tendo, paralelamente, sido alvo de notícia em diversos media, na área da imprensa, da rádio e da televisão.

Tendo na ocasião destas Décimas Jornadas OM sido lançado e debatido na primeira sessão plenária o Relatório Estatístico Anual Indicadores de Integração de Imigrantes 2017, a cobertura dos meios de comunicação centrou-se bastante nas principais tendências encontradas no relatório que sistematizou dados estatísticos e administrativos de 42 fontes nacionais e internacionais, para cerca de três centenas de indicadores.

Notícias relacionadas:

Imigrantes em Portugal são mais vulneráveisAntena 1
Portugal foi o país da OCDE que mais melhorou desempenho dos alunos imigrantes em 10 anos, RTP
Estrangeiros com autorização de residência para investigação aumentaram oito vezes em cinco anos, Público
Quase metade dos estrangeiros no país está em risco de pobreza ou privação, Público
Imigrantes em Portugal contribuem mais do que recebem da Segurança Social, Observador
Governo reconhece habitação e salários como áreas a melhorar para imigrantes, Observador
Imigrantes em Portugal com maiores riscos de pobrezaTVI24

 

Conheça aqui em maior detalhe o que marcou estas X Jornadas OM:

SESSÃO DE ABERTURA

As Décimas Jornadas OM foram inauguradas pelo Administrador da Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), Pedro Norton, e a Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro

Pedro Norton reiterou o empenho da Fundação enquanto entidade parceira e anfitriã do evento, desde a primeira edição das Jornadas do Observatório, e anunciou a continuidade da aposta da FCG, na promoção da integração dos imigrantes, nos próximos cinco anos. 

A Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro, realçou o importante papel do Observatório das Migrações em mais de uma década de trabalho na monitorização da situação da integração dos imigrantes em Portugal, aproveitando a ocasião para anunciar algumas das atividades do OM para 2018. A Secretária de Estado anunciou o lançamento da nova chamada para artigos científicos para a  Revista Migrações, dedicada ao tema "Afrodescendentes em Portugal", com vista a assinalar a Década Internacional dos Afrodescendentes 2015-2014" (edital disponível aqui).

 

SESSÃO PLENÁRIA 1: INDICADORES DE GOVERNAÇÃO DAS MIGRAÇÕES E INDICADORES DE INTEGRAÇÃO DE IMIGRANTES 

A primeira sessão plenária do dia, dedicada aos Indicadores de Governação das Migrações e Indicadores de Integração de Imigrantes, integrou, num primeiro momento, a apresentação dos Resultados de Portugal no Migration Governance Indicators, da Organização Internacional para as Migrações (OIM), pela Diretora do Departamento de Cooperação Internacional e Parcerias da OIM Genebra, Jill Helke, e contou com a participação do Alto-comissário para as Migrações, Pedro Calado, no papel de moderador da sessão. Neste âmbito o Alto-comissário destacou os resultados muito positivos que Portugal tem assumido nos índices de avaliação das políticas de integração de imigrantes promovidos por instituições internacionais e a importância de se continuar a monitorizar tanto os mecanismos legais propriamente ditos que enquadram a vida dos imigrantes nas sociedades de acolhimento, como os resultados propriamente ditos a partir de indicadores de integração de imigrantes, conforme tem sido amplamente recomendado pela Comissão Europeia.

 

A sessão prosseguiu com o lançamento do Relatório Estatístico 2017 Indicadores de Integração de Imigrantes da Coleção Imigração em Números do OM, por Catarina Reis Oliveira, Diretora do Observatório das Migrações e Coordenadora da Coleção Imigração em Números do OM e Natália Gomes, coautora do Relatório. 

No espaço de uma hora, a responsável pelo relatório, Catarina Reis Oliveira, sintetizou as principais tendências da integração dos imigrantes nos anos de referência de 2015 e 2016, a partir de dados de 42 fontes estatísticas e administrativas, nacionais e internacionais (cerca de três centenas de indicadores), para 15 dimensões de integração consideradas, assumindo (face aos relatórios anteriores) novos temas de comparação dos nacionais com os estrangeiros residentes. Entre os principais resultados identificados no relatório estão:

- Portugal encontra-se numa grave situação de fragilidade demográfica: saldos naturais e saldos migratórios negativos desde 2011 (embora desde 2014 se observe melhorias no saldo migratório face ao início da década)

- Estrangeiros residentes contribuem para atenuar o envelhecimento demográfico que se vive em Portugal

- Estrangeiros geram aumento de efetivos em idade ativa e contribuem para a natalidade

- Perfis de imigração estão a diversificar-se e em 2016 recuperação no número de estrangeiros em Portugal, invertendo-se trajetória de declínio

- Melhoria do desempenho escolar dos alunos estrangeiros do ensino básico e secundário

- Sobre representação da população estrangeira em alguns sectores atividade com remunerações mais baixas; MAS a sinistralidade laboral e o desemprego diminuíram nos últimos anos e reforço dos estrangeiros com habilitações superiores

- Estrangeiros contribuem para a criação de emprego em Portugal: crescimento nos últimos anos do número de empregadores estrangeiros (em contracorrente com os nacionais)

- Estrangeiros em maior situação de privação material e risco de pobreza ou exclusão social que os nacionais

- Saldo financeiro da segurança social com estrangeiros continua a ser muito positivo (+418,5 milhões de euros)

- Estrangeiros em maior situação de sobrelotação habitacional que os nacionais

- Número de estrangeiros a quem foi concedida a nacionalidade, após o novo enquadramento legal de 2006, atingiu cerca de 401mil cidadãos em 2016

- Aumento da percentagem de estrangeiros recenseados em Portugal para votar (por total de estrangeiros residentes elegíveis para votar), ainda que continue bastante reduzida a taxa de recenseamento dos estrangeiros elegíveis para votar

- O saldo das remessas para Portugal continua muito positivo: entram mais remessas no país (da emigração portuguesa) do que saem (dos imigrantes residentes em Portugal)

- Importância relativa de estrangeiros com idas aos serviços de saúde inferior aos nacionais e importância de relações de sociabilidade informais

O relatório encontra-se em livre acesso neste endereço

No período da tarde, o programa das X Jornadas OM prosseguiu, com duas sessões plenárias, onde foram apresentados três novos estudos da Coleção Estudos OM

 

SESSÃO PLENÁRIA 2: IMPACTOS DA CRISE NA INSERÇÃO LABORAL DOS IMIGRANTES NOS ÚLTIMOS ANOS

A segunda sessão plenária dedicada aos “Impactos da Crise na Inserção Laboral dos Imigrantes nos Últimos Anos” foi marcada pela apresentação e lançamento do Estudo OM 60: Condições de vida e inserção laboral dos imigrantes em Portugal: efeitos da crise 2007/2008, pela Coordenadora do Estudo, Alina Esteves, e do do Estudo OM 59: Imigrantes desempregados em Portugal e os desafios das políticas ativas de emprego, pela Coordenadora do Estudo, Ana Cláudia Valente, tendo contado com a moderação da Diretora do Observatório das Migrações, Catarina Reis Oliveira.

   

 

Seguiram-se comentários aos estudos por Cátia Batista, da NSBE – Economia, Diretora da NOVAFRICA, Carlos Trindade, da CGTP, José Cordeiro, da UGT, e António Correia de Campos, Presidente do Conselho Económico e Social.

 

Seguiu-se um momento de debate e reflexão com a plateia acerca dos desafios e impactos da crise económica e financeira de 2007/2008 nos trabalhadores imigrantes, tendo sido realçados alguns dos mecanismos que os imigrantes assumiram de reação à crise e ao aumento do desemprego em Portugal.

 

 

SESSÃO PLENÁRIA 3: ARTISTAS IMIGRANTES EM PORTUGAL

A terceira sessão plenária, subordinada ao tema “Artistas Imigrantes em Portugal”, foi dedicada à apresentação e lançamento do Estudo OM 58: O trabalho da arte e a arte do trabalho, por Otávio Raposo, enquanto Coordenador do Estudo, e Manuel Abrantes, coautor do estudo. Seguiram-se intervenções com comentários aos estudos, por José Lino Neves, Coordenador do GATAI do ACM, e Rui Telmo Gomes, do CIES-IUL.    

 

 

 

As X Jornadas do OM foram encerradas pela Diretora do Observatório das Migrações, Catarina Reis Oliveira, que agradeceu a presença de todos os oradores, participantes e muito especialmente à equipa organizadora das Jornadas do Observatório das Migrações.

 

Continue a acompanhar as atividades e novidades do Observatório das Migrações em 2018!

 

 

 

 


19 Dec 2017

O Observatório das Migrações promoveu no dia 18 de Dezembro, Dia Internacional dos Migrantes, entre as 9h30 e as 18h30, no Auditório 3, da Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), em Lisboa, as X Jornadas do Observatório das Migrações. O encontro contou com a intervenção de diversos peritos nacionais, bem como de uma representante internacional da Organização Internacional para as Migrações (OIM) Genebra, num total de 16 oradores. No encontro estiveram presentes cerca de uma centena de participantes (98 participantes), maioritariamente representantes de serviços públicos (47), provenientes de diferentes regiões do país, do meio académico (17), estudantes (12), representantes de Organizações Não Governamentais (ONG) (10), representantes da sociedade civil (7), jornalistas (2), entre outros (3). O evento recebeu a cobertura de diversos órgãos de comunicação social, tendo, paralelamente, sido alvo de notícia em diversos media, na área da imprensa, da rádio e da televisão.

Tendo na ocasião destas Décimas Jornadas OM sido lançado e debatido na primeira sessão plenária o Relatório Estatístico Anual Indicadores de Integração de Imigrantes 2017, a cobertura dos meios de comunicação centrou-se bastante nas principais tendências encontradas no relatório que sistematizou dados estatísticos e administrativos de 42 fontes nacionais e internacionais, para cerca de três centenas de indicadores.

Notícias relacionadas:

Imigrantes em Portugal são mais vulneráveisAntena 1
Portugal foi o país da OCDE que mais melhorou desempenho dos alunos imigrantes em 10 anos, RTP
Estrangeiros com autorização de residência para investigação aumentaram oito vezes em cinco anos, Público
Quase metade dos estrangeiros no país está em risco de pobreza ou privação, Público
Imigrantes em Portugal contribuem mais do que recebem da Segurança Social, Observador
Governo reconhece habitação e salários como áreas a melhorar para imigrantes, Observador
Imigrantes em Portugal com maiores riscos de pobrezaTVI24


Conheça aqui em maior detalhe o que marcou estas X Jornadas OM

 
Imagem em Destaque

18 Dec 2017

O Observatório das Migrações promove no próximo dia 18 de dezembro de 2017, Dia Internacional dos Migrantes, em Lisboa no auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, a décima edição das Jornadas do Observatório das Migrações (ver programa aqui). Nesta edição, entre outras novidades, será lançado o mais recente Relatório Estatístico Anual 2017 Indicadores de Integração de Imigrantes (de Catarina Reis Oliveira e Natália Gomes) da Coleção Imigração em Números do OM (brevemente disponível neste endereço), estando, também, previsto o lançamento de três novos estudos OM: o Estudo 58, Estudo 59 e Estudo 60, da Coleção de Estudos OM.
Estas Jornadas OM serão inauguradas pela Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Professora Doutora Rosa Monteiro, desenvolvendo-se depois em três sessões plenárias: a primeira sobre indicadores de governação das migrações e indicadores de integração de imigrantes, com a intervenção de Jill Helke da Organização Internacional das Migrações (OIM) de Genebra e Catarina Reis Oliveira e Natália Gomes do OM; a segunda sessão sobre os impactos da crise na inserção laboral dos imigrantes nos últimos anos com intervenções, entre outros, de Alina Esteves (IGOT), Ana Cláudia Valente (CESOP), Cátia Batista (NSBE, Economia e NOVAFRICA), Carlos Trindade (CGTP), José Cordeiro (UGT) e António Correia de Campos, Presidente do Conselho Económico e Social; e, finalmente, a terceira sessão sobre artistas imigrantes em Portugal com intervenções de Lígia Ferro e Otávio Raposo (ISCTE), José Lino Neves (Coordenador do Gabinete de Apoio Técnico às Associações de Imigrantes - ACM) e Rui Telmo Gomes (CIES-IUL).

As inscrições para as Décimas Jornadas OM decorrem até ao dia 14 de dezembro de 2017. Inscreva-se através do email seminarios@acm.gov.pt ou aqui (inscrição gratuita).

Imagem em Destaque

18 Dec 2017

O Observatório das Migrações promove no próximo dia 18 de dezembro de 2017, Dia Internacional dos Migrantes, em Lisboa no auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, a décima edição das Jornadas do Observatório das Migrações (ver programa aqui). Nesta edição, entre outras novidades, será lançado o mais recente Relatório Estatístico Anual 2017 Indicadores de Integração de Imigrantes (de Catarina Reis Oliveira e Natália Gomes) da Coleção Imigração em Números do OM (brevemente disponível neste endereço), estando, também, previsto o lançamento de três novos estudos OM: o Estudo 58, Estudo 59 e Estudo 60, da Coleção de Estudos OM.
Estas Jornadas OM serão inauguradas pela Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Professora Doutora Rosa Monteiro, desenvolvendo-se depois em três sessões plenárias: a primeira sobre indicadores de governação das migrações e indicadores de integração de imigrantes, com a intervenção de Jill Helke da Organização Internacional das Migrações (OIM) de Genebra e Catarina Reis Oliveira e Natália Gomes do OM; a segunda sessão sobre os impactos da crise na inserção laboral dos imigrantes nos últimos anos com intervenções, entre outros, de Alina Esteves (IGOT), Ana Cláudia Valente (CESOP), Cátia Batista (NSBE, Economia e NOVAFRICA), Carlos Trindade (CGTP), José Cordeiro (UGT) e António Correia de Campos, Presidente do Conselho Económico e Social; e, finalmente, a terceira sessão sobre artistas imigrantes em Portugal com intervenções de Lígia Ferro e Otávio Raposo (ISCTE), José Lino Neves (Coordenador do Gabinete de Apoio Técnico às Associações de Imigrantes - ACM) e Rui Telmo Gomes (CIES-IUL).

As inscrições para as Décimas Jornadas OM decorrem até ao dia 14 de dezembro de 2017. Inscreva-se através do email seminarios@acm.gov.pt ou aqui (inscrição gratuita).

Imagem em Destaque

15 Jan 2018 - 18 Jan 2018

Entre 15 e 18 de janeiro (2018) decorre na sede da OCDE, em Paris, o Fórum Internacional sobre Estatísticas das Migrações (IFMS-2018).  Este fórum visa mobilizar conhecimentos de uma ampla gama de disciplinas como estatística, economia, demografia, sociologia, ciência geo-espacial e tecnologia da informação, disciplinas que podem contribuir para melhorar a compreensão global do fenómeno da migração. O Fórum que será organizado em torno de vários temas - Medição das migrações; Inovação e síntese de fontes de dados; Compreensão das migrações através de dados; Cooperação e gestão de dados e Capacitação -, assumindo-se como uma oportunidade para os decisores políticos entrarem em contato direto com especialistas em dados de migrações, visando criar sinergias entre diferentes atores e perspetivas, com representantes de países de "origem", "trânsito" e "anfitrião" de migrantes. Está confirmada a participação da Diretora do Observatório das Migrações, Catarina Reis Oliveira, para partilhar a experiência portuguesa com a Coleção Imigração em Números do OM. Mais informações sobre este Fórum, disponíveis neste endereço

Imagem em Destaque

18 Dec 2017

 

O Observatório das Migrações promove no próximo dia 18 de dezembro de 2017, Dia Internacional dos Migrantes, em Lisboa no auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, a décima edição das Jornadas anuais do Observatório das Migrações (ver programa aqui). Nesta edição, entre outras novidades, será lançado o mais recente Relatório Estatístico Anual 2017 Indicadores de Integração de Imigrantes (de Catarina Reis Oliveira e Natália Gomes) da Coleção Imigração em Números do OM (brevemente disponível neste endereço) e três novos estudos OM: o Estudo 58, Estudo 59 e Estudo 60, da Coleção de Estudos OM.
Estas Jornadas OM serão inauguradas pela Senhora Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, desenvolvendo-se depois em três sessões plenárias: a primeira sobre indicadores de governação das migrações e indicadores de integração de imigrantes, com a intervenção de Jill Helke da Organização Internacional das Migrações (OIM) de Genebra e Catarina Reis Oliveira e Natália Gomes do OM; a segunda sessão plenária sobre os impactos da crise na inserção laboral dos imigrantes nos últimos anos com intervenções, entre outros, de Alina Esteves (IGOT), Ana Cláudia Valente (CESOP), Cátia Batista (NSBE, Economia e NOVAFRICA), Carlos Trindade (CGTP), José Cordeiro (UGT) e António Correia de Campos, Presidente do Conselho Económico e Social; e, finalmente, a terceira sessão sobre artistas imigrantes em Portugal com intervenções de Lígia Ferro e Otávio Raposo (ISCTE), José Lino Neves (Gabinete de Apoio Técnico às Associações de Imigrantes - GATAI/ACM) e Rui Telmo Gomes (CIES-IUL).

Mais informações sobre as X Jornadas do Observatório das Migrações disponíveis neste endereço

Imagem em Destaque