6. Novidades bibliográficas e oportunidades para investigadores

Imagem em Destaque
6. Novidades bibliográficas e oportunidades para investigadores

Publicações de organizações internacionais

FRIES-TERSCH, E. et al. (2018), 2017 annual report on intra-EU labour mobility. Final Report January 2018. Bruxelas: Comissão Europeia: DG Emprego, Assuntos Sociais e Inclusão. Este relatório atualiza anualmente o panorama relativo à mobilidade dos trabalhadores dentro da UE. Apresenta dados de reserva (stock) e de fluxo (flow) relativos aos migrantes intracomunitários em idade ativa, usando para isso as fontes comparáveis mais atualizadas que permitem cobrir toda a UE. Desse modo, o relatório identifica os principais países de destino e de origem, bem como as principais mudanças face aos anos precedentes no que concerne aos Estados-membros. Tal como nas edições precedentes, o relatório perspetiva a situação dos imigrantes no mercado de trabalho através da comparação de indicadores – tais como taxas de emprego, setores de atividade, educação, ou sobrequalificação – entre diferentes grupos de imigrantes, entre estes e os nacionais, e ao longo do tempo. Acresce que o relatório aborda uma variedade de tópicos específicos que diferem de ano para ano, dependendo dos desenvolvimentos recentes e das necessidades em termos de políticas. Na edição atual existe um foco específico na componente de género associada à mobilidade, nas línguas e em outras barreiras à mobilidade transfronteiriça entre regiões vizinhas, bem como na mobilidade de profissionais de saúde. Este relatório pode ser encontrado aqui.

 

Artigos científicos e capítulos em livros científicos

MONTEZUMA, J., e MCGARRIGLE, J. (2018), “What motivates international homebuyers? Investor to lifestyle ‘migrants’ in a tourist city”, Tourism Geographies, pp. 1-21. No rescaldo da crise económica, Lisboa ascendeu no mercado internacional do turismo e imobiliário urbano com uma velocidade que está a transformar a cidade. Os programas destinados a investidores imigrantes e políticas fiscais realizaram o seu objetivo de atrair imigrantes de países terceiros e da UE para investirem no imobiliário na cidade. Partindo da constatação de que, até à data, há escassez de análises empíricas e teóricas que expliquem as motivações e aspirações dos investidores residenciais estrangeiros, situando-se na interseção das literaturas sobre investimento e imigração de estilo de vida, e baseando-se em 20 entrevistas em profundidade com peritos na economia das elites intermediárias, o objetivo dos autores deste artigo foi compreender as motivações dos compradores e a atual atração exercida pela cidade. Este artigo pode ser encontrado aqui.

 

Livros

RECCHI, E. et al. (eds.) (2019), Everyday Europe: a sociology of new transnationalism. Bristol: Policy Press. Partindo de novas investigações e de fontes ricas relativas a práticas transfronteiriças, este livro oferece um retrato da interconexão quotidiana dos Europeus baseado em dados empíricos. Examina as formas como os residentes na UE têm vindo a aproximar-se entre si, a despeito das fronteiras nacionais, no que respeita à sua experiência quotidiana de países estrangeiros. O livro considera como as pessoas reconciliam as suas interações transfronteiriças com uma Europa de estados nação e interesses nacionais. Este livro pode ser encontrado aqui.

 

Dissertações de mestrado

EIRA, C. A. A. D. (2018), Cascais: a nova Saint-Tropez dos Franceses. Lisboa: Universidade Europeia. Esta dissertação incide sobre os reformados franceses que vivem em Cascais. Procura perspetivar este objeto à luz da noção de turismo residencial, nomeadamente no que respeita à aquisição de segundas habitações, analisando as motivações destes cidadãos franceses e procurando compreender a forma como se integram. O estudo de caso, realizado com base em análise bibliográfica, entrevistas e observação participante, permitiu concluir que o clima e o regime fiscal dos residentes não habituais são as principais motivações que imputam à sua escolha. Esta dissertação pode ser encontrada aqui.

 

Oportunidades para investigadores

Candidaturas: “Edição de Teses de Mestrado e Doutoramento (Coleção Teses OM)” – prazo a terminar
No âmbito da edição de Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento da coleção TESES do OM, está quase a terminar o prazo (até 31 de dezembro de 2018) para apresentação de candidaturas para a edição de Teses de Mestrado e Doutoramento relativo ao edital em vigor para 2018. As obras candidatas deverão enquadrar-se numa das seguintes áreas temáticas prioritárias: - Refugiados - Imigração e saúde - Imigração e envelhecimento - Imigração e línguas - Descendentes de imigrantes - Mulheres imigrantes - Imigração e diversidade religiosa - Discriminação de base racial e étnica. Mais informações disponíveis aqui.

 


Chamada para resumos: “Expert Workshop: Developing a Dataset on the Rights of Migrants in the EU”
No âmbito do EU-funded InGRID2 action project encontra-se aberto até ao dia 9 de novembro de 2018, o período para apresentação de resumos para o “Expert Workshop: Developing a Dataset on the Rights of Migrants in the EU”, a ter lugar de 23 a 25 de janeiro de 2019, no HIVA Research Institute for Society and Work, na Universidade de Leuven, na Bélgica. O workshop tem como objetivo reunir académicos, profissionais e especialistas seniores, com vista a refletir sobre os direitos dos migrantes nos Estados-Membros da UE. Nesse âmbito, será desenvolvida uma base de dados específica, tanto quanto possível, previamente ao workshop - para comparar os direitos dos diferentes migrantes (trabalhadores migrantes da União Europeia e de países terceiros, trabalhadores e não-trabalhadores, requerentes de asilo, refugiados, imigrantes irregulares) no contexto dos direitos humanos, direitos legais, proteção social, direito ao trabalho e serviços sociais.
Entre outros temas de investigação, no contexto dos direitos dos migrantes, o workshop abrangerá:
1. Legislação nacional e da UE sobre os direitos dos migrantes;
2. Ponto de situação dos direitos dos migrantes nos países da UE (estudos comparativos ou de casos);
3. Boas práticas em matéria de direitos fundamentais;
4. Direitos de grupos migrantes específicos vulneráveis: refugiados, requerentes de asilo, menores não acompanhados, ciganos, etc;
5. Eficácia dos direitos: cobertura, adequação, aceitação, condicionalidade, recurso…
Os interessados em remeter resumos para o workshop devem consultar os respetivos requisitos e demais informações aqui, devendo submeter as suas propostas  através da plataforma online.

 

Chamada para resumos: “2019 ESRA Conference”
No âmbito da conferência 2019 da European Survey Research Association (ESRA), subordinada ao tema “Highlighting the contribution of survey research in the changing data environment, a ter lugar de 15 a 19 de julho de 2019, em Zagreb, na Croácia, encontra-se aberto, até ao dia 18 de novembro de 2018, um período para submissão de resumos para as diversas sessões da conferência, entre as quais para “Adaptation and administration of questionnaires in surveys on migrants: Challenges and solutions” e para “Design and measurement challenges in researching migrants”. Os interessados deverão consultar todos os requisitos aqui, devendo submeter os respetivos resumos através da plataforma da conferência.

 

Chamada para artigos: 7ª Conferência Bianual da Rede Afroeuropeans: “In/Visibilidades Negras Contestadas”
No âmbito da 7ª Conferência Bianual da Rede Afroeuropeans: “In/Visibilidades Negras Contestadas”, a ter lugar de 4 a 6 de julho de 2019, no ISCTE-IUL, vai decorrer entre 1 de dezembro de 2018 e 28 de fevereiro de 2019, o período para submissão de artigos. Os interessados devem consultar todos os requisitos e demais informações no site da conferência, disponível aqui, podendo ser solicitadas mais informações através deste endereço.

 


Chamada para artigos: Revista REMHU n.º55 e n.º 56
A revista REMHU (Revista Interdisciplinar da Mobilidade Humana) tem aberto um período para submissão de artigos para os próximos dois números da revista, a serem publicados em 2019. Nesse âmbito, até ao dia 15 de janeiro de 2019, encontra-se aberto o período para submissão de artigos para o n.º 55 da revista, com o dossier temático “Olhares psicossociais sobre migrações e refúgio”, a ser publicado em abril de 2019. Para o n.º 56 da revista REMHU, a ser publicado em agosto de 2019, com o dossier temático “Experiências atuais de mobilidade, imobilidade e place-making de migrantes/refugiados(as) africanos(as) na América Latina”, a data limite para a submissão de artigos é o dia 15 de abril de 2019. Os interessados devem consultar todos os requisitos de submissão e demais informações aqui.

 

Chamada para apresentação de propostas: "16th Annual IMISCOE Conference"
No âmbito da 16.ª conferência anual da International Migration, Integration and Social Cohesion in Europe (IMISCOE), dedicada à temática “Understanding International Migration in the 21st Century: Conceptual and Methodological Approaches”, a ter lugar de 26 a 28 de junho de 2019, em Malmo (Suécia), encontra-se aberto o período para apresentação de propostas para a conferência. Neste contexto, destaque para o período para submissão de artigos para o painel "Racial and ethnic discrimination: Concepts, methods and empirical trends", a decorrer até ao dia 15 de novembro de 2018, cujos requisitos e demais informações se encontram disponíveis aqui, bem como o período para submissão de propostas para duas sessões dedicadas a aspetos metodológicos da investigação quantitativa na área das migrações, designadamente, Panel 1: General quantitative methods session - Surveying migrants and refugees e Panel 2: Using emerging technology in quantitative migration research – Possibilities and challenges, a decorrer até ao dia 23 de novembro de 2018, cujo requisitos podem ser consultados aqui. Toda a informação sobre a conferência disponível aqui.

 

Chamada para comunicações: "Painel "Migrações e Mercados de Sexo"
No âmbito do o VII Congresso da APA - Associação Portuguesa de Antropologia, a realizar de 4 a 7 de junho de 2019, em Lisboa, encontra-se aberto até a dia 7 de janeiro de 2019, o período para submissão de propostas de comunicações para o painel "Migrações e Mercados de Sexo", coordenado por Mara Clemente e Thaddeus Blanchette. "Este painel centrar-se-á na articulação entre migrações e mercados do sexo, sejam estes tipificados por intercâmbios comerciais e/ou por trocas sexuais-afetivas. Priorizemos trabalhos que recuperam a agência das migrantes que empregam a sexualidade como parte de uma estratégia de mobilidade em tempos de recrudescimento de fronteiras e nacionalismos". Os interessados em submeter propostas devem consultar os requisitos e demais informações aqui.

 

Chamada para Nomeações: Prémio Dissertação Maria Ioannis Baganha 2019 (IMISCOE)
A rede IMISCOE (International Migration, Integration and Social Cohesion in Europe) tem aberto o período para submissão de propostas de nomeação para o Prémio Dissertação Maria Ioannis Baganha 2019, até ao dia 15 de janeiro de 2019. A distinção, que é atribuída anualmente, desde 2010, em memória da investigadora Maria Ioannis Baganha, do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, tem como objetivo estimular e reconhecer a excelência na investigação doutoral em áreas como as migrações, a integração e a coesão social. Podem candidatar-se todos os doutorados cujas dissertações foram defendidas nos 24 meses prévios à data limite para esta chamada (15 de janeiro de 2019). O vencedor receberá um prémio monetário de €2500, para além de ter oportunidade de publicar a sua dissertação na série IMISCOE-Springer e de apresentar o seu trabalho na Conferência Anual da IMISCOE. Os interessados devem consultar todos os requisitos de submissão e demais detalhes sobre a candidatura aqui, podendo solicitar mais informações através deste e-mail.