Governo reconhece habitação e salários como áreas a melhorar para imigrantes

Governo reconhece habitação e salários como áreas a melhorar para imigrantes

18 de dezembro de 2017
Lusa / Observador

Em média, os estrangeiros ganhavam menos 5,1% em 2015 do que os portugueses, embora se tenha melhorado desde os 17% de diferença registada em 2002, mas ainda é preciso “criar medidas para melhorar as condições de vida e trabalho” dos imigrantes que estão a contribuir para recuperação do saldo migratório negativo que se regista desde 2011, afirmou a secretária de Estado da Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro, à margem da apresentação de um estudo do Observatório das Migrações na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.