Mixed Embeddedness and Migrant Entrepreneurship: Hints on Past and Future Directions

Imagem em Destaque

Eduardo Barberis e Giacomo Solano

2018, In Sociologica, 12(2), 1-22

O avolumar do empreendedorismo migrante – no sentido de atividades de negócio protagonizadas por imigrantes nos países de acolhimento – tem sido alvo de um corpus substantivo de pesquisas académicas. No estudo deste fenómeno, o modelo de incorporação mista (mixed embeddedness) tem vindo a ganhar atenção ao longo dos anos. Após quase vinte anos do desenvolvimento desse modelo (1999-2018), este artigo examina esta abordagem e destaca as suas contribuições para o campo de estudo do empreendedorismo imigrante. Os autores identificam três correntes de pesquisa principais nas quais a abordagem da incorporação mista tem sido aplicada e pode ainda ser mais desenvolvida em relação ao empreendedorismo migrante: 1) a dimensão espacial da incorporação dos empreendedores migrantes; 2) a superdiversidade; e 3) o transnacionalismo. Nas conclusões, tendo em conta os outros contributos apresentados no simpósio que deu origem ao número temático, os autores enfatizam a importância de se alargar a perspetiva através da exploração de outros domínios nos quais a incorporação mista possa ser aplicada no campo do empreendedorismo migrante.

Entre os trabalhos destacados na bibliografia dos últimos vinte anos, os autores incluem o modelo de estratégias empresariais de imigrantes desenvolvido por Catarina Oliveira e a sua discussão em torno da diversidade de estratégias empresariais que emerge do encastramento misto (Oliveira, 2007).

Saiba mais sobre este artigo de Barberis e Solano aqui.